Tarifa zero não é uma missão impossível

Abril 26, 2022

Tarifa Zero é uma realidade em Mariana?

O projeto Tarifa Zero garantiu a gratuidade no transporte público coletivo de Mariana, aprovado no ano passado, 29 de dezembro de 2021, pelos vereadores. Em janeiro, a prefeitura de Mariana encaminhou à Câmara um projeto propondo que o programa tarifa Zero tivesse início no dia 1° de fevereiro de 2022. 

Alguns moradores da cidade, mostraram satisfação com o projeto, mas alguns outros questionam a qualidade do transporte público. Em  04 de Abril de 2022, representantes da Transcotta foram convidados pela Câmara de Mariana  para dialogar sobre as possibilidades de melhorias no transporte. 

No dia 5 de abril de 2022, a Câmara Municipal  de Ouro Branco, também aprovou o Programa Tarifa Zero. De acordo com o Jornal Nexo, a dissertação realizada por Marijke Vermander, na Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica, pesquisou a ocorrência do Projeto Tarifa Zero nas cidades brasileiras. O estudo mostrou que atualmente existem cerca de  30 cidades que adotaram a iniciativa. Podemos destacar Monte Carmelo, Muzambinho, e Itatiaiuçu, no estado de Minas Gerais; Potirendaba, Agudos, Holambra e Morungaba, localizadas em São Paulo; Eusébio, no Ceará; e Maricá, no Rio de Janeiro
 
De acordo com a pesquisa, a adoção do subsídio integral do transporte coletivo pode estar relacionado ao aumento do uso do ônibus e melhorias no comércio local. De acordo com o professor de economia da Universidade Federal de Ouro Preto,   Dr. Victor Maia Senna Delgado é um benefício de curto prazo, mas os custos da Tarifa Zero se manifestaram  claramente ao longo prazo. Segundo o professor, “A tarifa zero não é uma missão impossível, mas é uma difícil”.

 

William Santos